Papo em Rede

…quero falar

A HISTÓRIA DA TERRA EM UMA SEMANA

terra

“ Tomemos os seis dia das semanas para representar o que de fato passou em cinco bilhões de anos. O nosso planeta nasceu em uma Segunda feira, a zero hora. A Terra formou-se na Segunda, Terça e Quarta-feira até o meio dia. A vida começa na Quinta ao meio-dia e desenvolve-se em toda sua beleza orgânica durante os quatro dias seguintes.

Somente às quatro da tarde de Domingo é que os grandes répteis apareceram. Cinco horas mais tarde, às nove da noite, quando as sequóias brotas da terra, os grandes répteis apareceram.

O Ser humano surge só três minutos antes da meia-noite, Cristo nasce. A um quadragésimo de segundo antes da meia-noite, inicia-se a Revolução Industrial. Agora é meia-noite de Domingo e estamos rodeados por pessoas que acreditam que aquilo que fazem a um quadragésimo de segundo pode durar indefinidamente.”

David Brower – Ecólogo

CARVALHO, Isabel Cristina de Sousa. Em direção ao mundo da vida: interdisciplinaridade e educação ambiental. Brasília: IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas, 1998.

Anúncios

janeiro 31, 2009 Posted by | Amazônia, conversas mocorongas | Deixe um comentário

Saudades

Saudades de correr atrás do carro de boi…

Saudades de correr na chuva…

Saudades de roubar a fruta do quintal da vizinha…

Saudades da minha rua nos tempos de infância…

Saudades dos amigos que já se foram…

Saudades de olhar por trás da cortina do circo de meus pais…

Saudades de você…

janeiro 30, 2009 Posted by | amigos, coisas de criança, conversas mocorongas | Deixe um comentário

Aprender sempre

Estudar sempre.

“Na faculdade temos muitas oportunidades de conhecer as teorias aplicadas à prática. O meio ambiente precisa de políticas públicas voltadas para Amazônia de acordo com as suas particularidades, somos parte de uma geração que sofre com ida e vinda do governo para essa região”.

Precisamos conhecer a Amazônia antes de projetar ações que desconhece todo o seu ambiente.

No norte do Brasil, temos profissionais competentes para esse tipo de gestão.

Turma de Gestão Ambiental/2008

Turma de Gestão Ambiental/2008

Um abraço mocorongo!

Elis Lucien

janeiro 30, 2009 Posted by | amigos, conversas mocorongas | Deixe um comentário

Fórum Social Mundial: Crises valorizam a Amazônia

Artigo originalmente publicado no blog www.redemocoronga.org.br

Por Mario Osava, da IPS

Belém, 29/01/2009 – A mudança climática que obriga conter o desmatamento, as fontes energéticas tradicionais como verdugos dos povos locais e a necessidade da soberania alimentar foram temas centrais do Fórum Social Mundial em uma jornada dedicada à Amazônia. O dia de ontem, segundo da nona edição do FSM, representou a reativação do Fórum Social Pan-Americano, interrompido em 2005. Os povos florestais destacaram com música, danças, declarações e discursos os efeitos e as novas ameaças das crises ambiental, energética e econômica que pesam sobre seu destino e o da humanidade.

Os impactos amazônicos de atividades voltadas a interesses alheios e distantes, com as petroleiras e mineradoras, protagonizadas por multinacionais, e a necessidade de harmonizar “natureza, cultura e sociedade”, foram realçadas em um ato que mesclou uma declaração lida em várias línguas, apresentação de danças e rituais indígenas, cantores e grupos musicais. A Confederação Nacional de Comunidades do Peru Afetadas pela Mineração informou sobre os danos sofridos por indígenas e camponeses de seu país, enquanto membros do grupo indígena Assurini, do Brasil, dançaram sua rejeição à grande central hidrelétrica de Tucuruí, no Pará.

Continue lendo

janeiro 29, 2009 Posted by | Amazônia, meio ambiente | Deixe um comentário

Nome, sobrenome e apelido

O Brasil é maravilhoso! Cheio de encanto, magia e acima de tudo identidade própria. Na Amazônia essa expressão vai ao extremo um dos exemplo disso é a identificação das pessoas. E incrivel! Autopropriação dos apelidos pelas pessoas ou de sua graça como diz a D. Batata (Sra. Terezinha, comunidade de Vila Gorete).

Vila Gorete, rio Arapiuns

Vila Gorete, rio Arapiuns

Na infância fugimos dos baixinhos, dentuço, cabide, cabelo enferrujado, perna de maçarico, pau de vira tripa e tantos outros. Na comunidade é muito diferente, quando nascem as crianças já adotam um “apelido”, careca, fofinho, lindinho, fofinho da mamãe esses são os sutis, quando bebê.

Continue lendo

janeiro 28, 2009 Posted by | amigos, conversas mocorongas, cultura | Deixe um comentário

Greenpeace na Amazônia

O navio Arctic Sunrise do Greenpeace aportou no rio Tapajós. Sua missão é divulgar o Mapeamento Comunitário dos Inpactos da Soja em Santarém e Belterra mostrando as autoridades presentes a situação real desse avanço na Amazônia. Foi distribuído um botoom da campanha:  SALVAR O PLANETA . É AGORA OU AGORA que irá percorrer a costa brasileira  até o sul do Brasil para discutir a redução da emissões de gases que provocam mudanças climáticas e o  mapa da pesquisa mostrando a real situação após o surgimento da soja.

Paulo Adário, diretor da Campanha da Amazônia

Paulo Adário, diretor da Campanha da Amazônia

Continue lendo

janeiro 19, 2009 Posted by | conversas mocorongas | 1 Comentário

Comunicação

Somos seres em transformação, quando menos esperamos estamos criando formas  de sermos entendidos por qualquer indivíduo na face da Terra.

copia-de-boa

A comunicação veio possibilitar a evolução dos meios em transmitir o nosso interesse por algo e divulgação dos mesmos. E como passar tais aspirações, desejos para o mundo?! Bom, as pinturas em cavernas estão aí, registrando os nossos primeiros passos da chamada Evolução e não esqueçamos dos gestos, habilidades na oratória, escritas… Passamos e vamos passar por várias gerações para descobrir um jeito mais fácil de repassar o que almejamos e o ser humano, ainda irá procurar ferramentas que facilite ainda mais nossa vida, pode ter certeza!

Como *”nicar” as películas de uma sociedade cheia de sotaques, línguas e clics de seu cotidiano???. Estamos procurando essa fórmula secreta algum tempo para que a “tal” comunicação, seja parte do cotidiano da maioria dos seres ambulantes dessa  rede de falas, gestos e por que não bytes e bits dessa grande rede de comunicação.

A comunicação aprimora-se a cada segundo de uma nova vida ou cada tempo de estudo. Como transformar conhecimentos em ações que ampliem a comunicação? Vamos ao *paleógrafo e à estudos recentes, que possam transcender o tempo, aprimorar e divulgar conhecimentos possibilitando uma boa comunicação com os homens.

Viva! O “w, k e y”!! O velho tornou novo e o novo tornou-se velho, frase formada já dizia os antigos. Mas, que venham as mudanças e seja o que nós escrevermos!!

*nicar – línguagem usada quando o pintinho quer sair do ovo, ele nica até quebrar a casca.

*paleográfo – vem de paleografia: é o estudo de textos antigos.

Elis Lucien

janeiro 15, 2009 Posted by | amigos, conversas mocorongas | Deixe um comentário

Ética

“Resumidamente, é a arte do relacionamento humano, norteado por principios e valores.

A ética relaciona-se diretamente com a conduta humana, valorizando a vida individual e coletiva, levando o homem a perceber-se e a perceber o ambiente em que vive. Envolve a justiça, solidariedade e responsabilidade em todos os atos cotidianos.

etica

Continue lendo

janeiro 12, 2009 Posted by | conversas mocorongas | Deixe um comentário

Lendas da amazônia

Diz os mais velhos: era uma índia muito bonita que vivia nas margens do rio. Quando engravidou da grande cobra, nasceu duas crianças uma menina chamada de Maria e um menino chamado de Honorato. Duas crianças que foram jogadas no rio depois do nascimento.

meu-gimp

A mãe d’agua, permitiu sobreviverem. Cresceram com personalidades diferentes uma má que era a menina e o menino era bom. Nas noites de pescaria, a Maria transformava-se em cobra e assustava os pescadores naufragando suas canoas e vendo isso seu irmão Honorato sempre ajudava os naufrágos a irem até a beirado do rio. Certo dia, os dois tiveram uma grande briga Honorato conseguiu matar sua irmã acabando suas maldades mas foi atingido nos olhos, ficando cego vagando pelas profundesas dos rios aparecendo de vez enquando.

São tantas as versões que cercam a lenda da cobra grande, mas essa é a que ouvi numa rodada de estórias para dormir. E uns amigos de Vila Franca – rio Tapajós contam também nas festas grande na comunidade, através de dança. Qulaquer dia desses irem ouvir e ver essa estória de Cobra Grande.

Um abraço mocorongo!!

Elis Lucien

janeiro 9, 2009 Posted by | amigos, coisas de criança, conversas mocorongas, cultura | 1 Comentário

Moqueca

CULINÁRIA

MOQUECA DE FILHOTE PARAENSE

INGREDIENTES

– 3 POSTAS DE PEIXE FILHOTE

– SUCO DE 1 LIMÃO

– 3 DENTES DE ALHO

– ½ XÍCARA (CHÁ) DE VINHO BRANCO SECO

– SAL

INGREDIENTES

– CEBOLA

— 3 PIMENTAS VERDES SEM SEMENTES

– 2 TOMATES

– ½ LITRO (CHÁ) DE AZEITE DE OLIVA

– 2 COLHERES (SOPA) DE COENTRO PICADO

muq

Continue lendo

janeiro 7, 2009 Posted by | conversas mocorongas, cultura | 1 Comentário